Uma nova história

Uma nova história 

              Buerarema perdeu o bonde da história em vários aspectos. Mas no que se refere ao movimento artístico, aos poucos – e com o esforço pessoal de vários abnegados – as coisas estão , novamente, retomando seu lugar. A velha história está perdida – e discussões saudosistas são inúteis. Uma nova geração agregada aos remanescentes resistentes do grupo A Tribo está empenhada em construir uma nova história.

        O Instituto Macuco-Jequitibá, através da Casa de Cultura Jonas&Pilar, tem conseguido nos últimos três anos produzir notícias positivas para a cidade. Aos poucos, em cada esquina, em cada residência, as ações da Casa de Cultura Jonas&Pilar repercutem positivamente. É esta reação da comunidade que nos dá a esperança de prosseguir com o foco em ações consequentes e não eventuais porque o importante é o futuro e não este momento conturbado.

              O Palco Grapiúna com a produção de Pawlo Cidade e Matheus Saron iniciaram o ano de 2015 a altura da ambição que os organizadores do Instituto Macuco-Jequitibá sonham para a instituição. Com a realização Palco Grapiúna cinco espetáculos de teatro circularam por Buerarema e, neste período, o mais importante, a temporada de três semanas do espetáculo Retalhos do resistente grupo A Tribo, cuja história já dura mais de quinze anos.

            O Palco Grapiúna ampliado a outras cidades da região (Ilhéus, Itajuípe e Ubaitaba) foi uma ideia gestada nas dependências da Casa de Cultura Jonas&Pilar com o compromisso de Matheus e Pawlo de ampliar o circuito para várias cidades da microrregião cacaueira. O resultado é um bom começo e, espera-se, ele possa se repetir como um calendário a cada primeiro semestre dos anos vindouros.  É a festa da arte regional.

           Vale lembrar que, o Palco Grapiúna foi realizado em Buerarema com o patrocínio da Secretaria Municipal de Cultura, representada por Milena Sanjuan. O Instituto Macuco Jequitibá possui convênio com a Prefeitura desde 2014 para fazer frente às suas despesas básicas.

        A mostra de teatro foi um sucesso, desde já externamos nosso agradecimento aos patrocinadores, produtores, atores que se empenharam para que tudo isto acontecesse. E principalmente ao público que lotou as dependências do nosso teatro.

            Por fim, iremos lançar mão de uma imagem em movimento como bem condiz com os tempos modernos para que o público possa compartilhar a emoção dos que participaram do Palco Grapiúna no último dia de apresentações em Buerarema(10 de maio de 2015).

           Nos meses que se seguem teremos uma Trezena de Santo Antônio, apresentações de quadrilhas, leitura dramática, a terceira edição daPrimavera Cultural de setembro a dezembro com a estreia de A Hora da Estrela, um musical e o lançamento de histórico disco Serra do Jequitibá em CD. Tudo arte made in Buerarema.