Espetáculo "Entre Nós" estreia no Sul da Bahia

Espetáculo "Entre Nós" estreia no Sul da Bahia


             “Na realidade, nós estamos aqui no sul da Bahia por causa de Buerarema”, disse o ator Igor Epifânio, do espetáculo Entre Nós, que se apresentou em Itabuna, Ilhéus e Buerarema no último final de semana (12 a 15 de junho de 2015). Após três anos de trabalhos intensos, este é mais um fruto da ação do Instituto Macuco-Jequitibá (sediado na Casa de Cultura Jonas&Pilar) que além de promover a inclusão social e a reorganização da produção de teatro local, ainda provoca a produção artística regional ao trazer espetáculos de grande repercussão. “Buerarema só está retomando o curso de sua história”, diz Cassimiro Dias, presidente do Instituto, referindo-se a tradição da cidade considerada um “celeiro cultural” no sul baiano.       
            A presença de um espetáculo do nível artístico e da abrangência de Entre Nós  estimula a produção artística regional”, diz Gideon Rosa, coordenador artístico da Casa de Cultura Jonas&Pilar. “É sempre estimulante ver artistas de alto nível e o fundamental é que eles estão abrindo caminho para a circulação de espetáculos no sul da Bahia, apesar da crise de espaços físicos, já que Ilhéus e Itabuna estão com seus espaços públicos fechados”, completa.
            A pequena turnê movimentou alunos das escolas públicas em Ilhéus e Itabuna. Após cada uma das apresentações, os estudantes não permitiam a saída dos atores de cena, exigindo entrevistas e fotos. Entre Nós, que trata da diversidade de uma maneira muito didática iniciou sua trajetória nas escolas públicas de Salvador e ganhou os palcos da cidade, do Brasil e até de Miami. Em geral, os estudantes ficaram impressionados com o desempenho dos atores Anderso dy Souza e Igor Epifânio, ambos formados pela Universidade Federal da Bahia.
            Além das escolas em Buerarema e Ilhéus, Entre Nós inaugurou em Itabuna o Galpão59, fazendo duas apresentações de casa cheia e abrindo uma possibilidade objetiva de Itabuna entrar no roteiro das grandes apresentações artísticas independentemente do Centro de Cultura Adonias Filho (ainda em reforma). A vinda do espetáculo para o sul da Bahia contou com o apoio da FICC (Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania) e da Prefeitura de Buerarema.