Artistas são aprovados em seleções estaduais e irão movimentar mais de 100.000,00 reais no município

dezembro 16, 2020

O compositor e escritor Aldir Blanc - Leo Martins - 25.ago.2016/Agência O Globo

Recentemente 3 (três) artistas bueraremenses foram contemplados no “Edital de Chamada Pública Nº03/2020- Prêmio das Artes Jorge Portugal 2020”. Os projetos aprovados contemplam as áreas de música, teatro e literatura, são eles: “Live Show Negritudes”, por Cláudia Ferreira, "Fique em casa, mas deixe o teatro entrar", por Rafael Guirra e  “Elas que Contam”, por Jenyffer Santana.

O Prêmio das Artes Jorge Portugal de 2020 é um dos editais lançados pela  Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), vinculada à Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Secult-BA). As chamadas públicas e premiações em nível estadual foram criadas para a aplicação do recurso voltado para agentes e espaços culturais, previsto na lei 14.017/2020, a Lei Aldir Blanc. A Casa de Cultura Jonas e Pilar (CCJP) promoveu uma mobilização com os artistas e se mantém dando suporte a eles, agora também com a abertura das chamadas públicas de nível municipal: 

“A Lei de Emergência Cultural representa uma luz para os trabalhadores da cultura neste período de pandemia. Partindo disso, a mobilização na cidade de Buerarema em torno dessa fonte de recurso representa, não apenas um canal de oportunidades para os envolvidos nesse segmento, como também, um avanço social e geográfico, marcado pela interiorização das políticas culturais. Mais uma vez Buerarema celebra o seu lugar de celeiro artístico e cultural da região e a Casa de Cultura Jonas e Pilar se orgulha de contribuir para essa conquista, através de mobilizações, consultorias e, também, envio de projetos próprios.” Comenta Rafael Guirra, presidente da CCJP e um dos proponentes aprovados no edital.

Além disso, o Instituto Macuco Jequitibá, responsável pela Casa de Cultura Jonas e Pilar, também foi contemplado no “Edital de Nº 01/2020- Premiação Aldir Blanc/ Prêmio Fundação Pedro Calmon”, com o projeto “Histórias de Vila Macuco”. Juntas, as propostas alcançam um total de R$ 124.250.000,00 reais e vão gerar renda de forma direta a aproximadamente 47 pessoas da comunidade de Buerarema.

A aprovação dos artistas bueraremenses para esse recurso estadual simboliza o crescimento da profissionalização da classe no município, além de evidenciar como o terceiro setor contribui significativamente para Buerarema e região, gerando renda aos moradores e tornando cada vez mais vivo o título de “celeiro artístico” que Buerarema carrega há anos.


Por Jenyffer Santana

You Might Also Like

0 comentários

Populares

Facebook